Veja os custos para internacionalizar sua empresa

Está pensando em expandir seu negócio para o exterior? Veja os custos e medidas para internacionalizar sua empresa com segurança

Com a globalização e novas tendências mercadológicas chegando a cada instante, é natural que quem possui uma empresa deseje expandir seu negócio e partir para investimentos no exterior. Mas, você sabe exatamente o que é internacionalizar uma empresa e os custos e investimentos que isso implica?


Internacionalizar uma empresa é o processo de fazer negócios no mercado internacional. Além disso, esses negócios devem ocorrer com certa regularidade e de acordo com uma estratégia pré-estabelecida. Quando falamos de internacionalizar, muitos gestores pensam apenas em exportar, mas essa é apenas uma das muitas formas de levar seu negócio para o mercado internacional. 


Entre as vantagens de internacionalizar sua empresa, inclui-se abertura de novos mercados, redução de custos, aquisição de experiências, entre outros. Na hora de investir fora do país, o momento certo e o modelo de entrada dependem também da relação empresa/mercado, das condições do país que você deseja focar e de alguns outros fatores, como o político. Se, com isso em mente, você está pensando em avançar um passo em direção a essa nova forma de fazer negócios, entenda os primeiros passos necessários para isso e alguns custos que você e sua empresa irão encontrar pelo caminho. 


Primeiro, entenda o mercado
 

O primeiro passo para começar a investir na internacionalização da sua empresa é pesquisar sobre o mercado de atuação que você irá entrar. É ideal realizar pesquisas e prova de mercado, validação de protótipos (no caso de produtos) e avaliação sobre a aceitação daquele produto ou serviço no país. Nessa etapa, também é essencial uma autoanálise da empresa, tanto sobre a capacidade de adaptação da sua empresa no mercado estrangeiro, bem como a de exportação, quanto a análise da concorrência, redes de contato, possibilidade de mão de obra qualificada, etc.


Defina um plano

 

O segundo passo, e que envolve o início dos custos, é traçar um plano de internacionalização da empresa. Nessa etapa, você irá colocar no papel os objetivos do seu negócio no exterior e os custos necessários para isso. No plano, devem constar os produtos ou serviços que você pretende internacionalizar, os mercados selecionados (ou áreas de atuação) e restrições existentes da sua área no país em questão.


Quais custos estão envolvidos? 

 

Saber os custos necessários para esse processo é fundamental. Claro, tudo depende do país escolhido para a internacionalização. Por isso, não é possível estipular quanto você irá investir no novo mercado, pois tudo depende de fatores como economia, valor da moeda local, política de impostos, etc. Abaixo, listamos alguns dos gastos iniciais que você terá ao deslocar sua empresa para o exterior. Confira:


- O valor da passagem de ida e volta.
- Estadia (nesse caso, você pode optar por uma opção mais barata, como o Airbnb).
- Aluguel de um carro econômico por todo o tempo que você ficar no país (ele vai ser crucial para todos os afazeres que você terá).
- Alimentação diária.
- Gastos menores, como gasolina, celular, planos de internet, etc.
- Um valor extra, para o caso de imprevistos.
- Gasto com a abertura da empresa (varia de país para país).
- Contratação ou transferência de funcionários.
- Estrutura da empresa (será um prédio inteiro ou uma sala de comércio alugada?). Verifique com imobiliárias e agentes o melhor preço e opção para seu negócio. O ideal é ter garantida a estrutura da sua empresa ao menos para o primeiro ano.
- Impostos: alguns países têm impostos mais altos que outros. Entre os países com menos impostos no mundo estão Brunei, Qatar, Kuwait e Oman. 
- Abertura de conta: você terá que abrir uma conta no país, para gerenciar todas as entradas e saídas do seu negócio.
- Se o país onde você está investindo tem uma língua diferente do seu país de origem, também é necessária a tradução de todos os termos, documentos, contratos, notas fiscais, entre outros papeis necessários em uma empresa. Esse processo também vai lhe custar algum investimento, a menos que você tenha uma empresa contratada que lide de todas essas questões.


É difícil precisar valores, mas, só até aqui, você facilmente gastará mais de R$ 20 mil reais. Se a moeda do país em questão estiver em alta, o valor deve ser ainda maior. Por isso, um plano de internacionalização bem desenvolvido e um gerenciamento financeiro cuidadoso são os pilares para o processo de migrar para o exterior ser um sucesso.


Se você deseja internacionalizar sua empresa, mas não quer lidar com toda essa burocracia, a Carbone & Vicenzi oferece um serviço de consultoria internacional full service, especializado em internacionalização de pessoas e empresas. Quer ler mais conteúdos como esse? Entre em contato conosco e saiba como nossos serviços podem ajudar sua empresa.

 

Notícias Relacionadas